Hakim Bey, escritor que promove estilos de vida "libertários" em oposição à revolução social e se entrega à defesa abjecta do nacionalismo, é um pedófilo declarado.

Um pateta que exalta a aventura nacionalista e militarista de D'Annunzio em Fiume merece apenas menção de tipo literário cor-de-rosa.

1 comentários:

Mais do mesmo: http://libcom.org/library/leaving-out-ugly-part-hakim-bey

18 de fevereiro de 2009 23:40  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial